Comments

Antes de viajar nas leituras, clique aqui e indique o blog.

Trends Tops - Agregador de Conteudos

Total de leitores de página

PALAVRAS MÁGICAS

Posted by at setembro 03, 2015 Read our previous post
Eric era uma criança extremamente hiperativa, inconveniente e mal-educada. O mundo para ele crescia como um repolho, fechando-o cada vez mais em sua concha. Ninguém da família sabia o que fazer, pois todas as tentativas para mudar o comportamento dele fracassaram. Seus pais já não aguentavam com ele, e o mesmo perdia todas as oportunidades de fazer novos amigos e os poucos amigos que ele tinha, iam se afastando, por ordem dos próprios pais. Várias escolas da capital e algumas da grande Aracaju já conheciam sua fama, e em alguns casos, antes mesmo dele chegar lá, sua fama havia chegado primeiro. 

Foi aí que uma tia, dessas tias idosas ranzinzas e frustradas por nunca terem se casado, deu a ideia de colocarem-no imediatamente numa escola mais rígida. E seus pais, sem ter mais pra onde apelar, assim o fizeram, buscando a que mais fosse dar jeito em seu comportamento: o colégio militar (que hoje encontra-se fechado, não se sabe porquê).

No primeiro dia de aula, ao entrar na sala, se deparou com um enorme cartaz. Nele estavam escritos os seguintes dizeres:

PALAVRAS MÁGICAS QUE MUDAM TUDO AO SEU REDOR:
BOM DIA, BOA TARDE E BOA NOITE;
COM LICENÇA;
POR FAVOR;
OBRIGADO (A).
ME EMPRESTA?
DESCULPA.

Interessado naquilo, mesmo sabendo ler pouco, Eric perguntou para a professora o significado de cada uma delas. Ela, a professora, com um sorriso terno e amável igual a essas professoras de novelas infantis, ensinou-o pacientemente o que cada uma delas significava, mostrando até exemplos práticos. Quando entendeu todas, resolveu praticar ele mesmo. Passou a manhã inteira dentro da escola cumprimentando as pessoas, pedindo licença, por favor, se desculpando e agradecendo.

Ao final da aula, Eric saiu da escola não mais como uma criança e sim como um gigante. Pois para ele, as portas do mundo aos poucos se abriam e suas conquistas estavam apenas começando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique nessa barrinha azul com nome estranho e deixe seu comentário.

Leia mais!

© ARACAJU, COMO EU CONTO. is powered by Blogger - Template designed by Stramaxon - Best SEO Template